Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Caraguatatuba, São Paulo, Brazil
Deixar registrado aqui essa fase da minha vida. Difícil, talvez a pior, mas como tal já passou. Conheço meu inimigo, portanto nunca subestimo o Câncer. Esse mal é traiçoeiro, e como!!! Não valorizo a sua passagem muito menos o seu fantasma. Não deixo de viver um dia sequer, grata a Deus que me concebe, feliz por ser a mulher forte que sou. Ando com Fé, e bola pra frente. A vida não para e eu também não.

Translate

Total de visualizações de página

27 de dezembro de 2011

DIFERENÇA ENTRE FRACASSO E SUCESSO

Eu comentei com a Sol, nossa mulher sorriso, sobre esta postagem, aqui do blog de Janeiro de 2010.
Praticamente, anterior a todo turbilhão de emoções que seguiriam.
O quanto ela foi e é atual, e como essa postura me fortaleceu, foi o terceiro elemento.
Tratamento X Paciente X Fé
Portanto esse mantra é atualissímo, em qualquer situação, mais vale uma canção de esperança que palavras de amargor.
Eu penso assim, não é fácil, mais difícil seria perder a esperança.



É preciso resistir.

Como as árvores e as montanhas, que suportam os mais inesperados ventos.
Muitas vezes, o homem precisa fingir que não ouve; ou deixar que a mágoa encontre, em seu coração, o túmulo silencioso.
É necessário acreditar.
Mesmo quando os fatos o negam, quando o sofrimento é a recompensa, é preciso lutar por aquilo em que se acredita. Pois, para aquele que retorna a meio caminho, de nada valeram os sacrifícios da jornada.
Mesmo quando a vida parece um fardo, quando de todos os lados a tristeza faz sentir a sua presença, é necessário seguir. E da fraqueza extrair forças, para um dia alcançar a felicidade.
Por isto, não deveis desesperar ao ver ruírem os vossos castelos; antes buscai erguê-los novamente.
Muitas vezes, a diferença entre o fracasso e o sucesso é uma tentativa a mais.
E não é sábio aquele que maldiz o seu destino, ou por ele se incrimina, e sim o que se esforça para torná-lo melhor.
Em qualquer situação, mais vale uma canção de esperança que palavras de amargor. Pois a angústia não trará soluções aos vossos problemas; antes os fará parecer maiores, roubando-vos a coragem com que os poderíeis resolver.
E, por certo, não é com a amargura de hoje que ireis construir um doce amanhã.
Meditai sempre, sobre os vossos problemas. Pois é junto ao vosso verdadeiro Eu que encontrareis as melhores respostas.
Lembrai-vos que a cada taça de fel corresponde uma taça de mel. Porém não sentireis o sabor do mel que a vida coloca em vossos lábios, se o vosso paladar se obstina em ater-se ao fel.
E assim procede quem apenas enxerga as dificuldades da vida, desprezando as dádivas que recebe a cada dia. Pois a quem distribui o fel, dificilmente será ofertado o mel.
Por isto, deveis resistir à amargura. Assim encontrareis, em vosso verdadeiro Eu, a força de que necessitais para construir o vosso futuro.
E a vossa felicidade.
Ensinamento Árabe

23 de dezembro de 2011

Feliz Natal



Rememorando o Natal, lembramo-nos de que Jesus é o Suprimento Divino à Necessidade Humana.
Para o Sofrimento, é o Consolo;
Para a Aflição, é a Esperança;
Para a Tristeza, é o Bom Ânimo;
Para o Desespero, é a Fé Viva;
Para o Desequilíbrio, é o Reajuste;
Para o Orgulho, é a Humildade;
Para a Violência, é a Tolerância;
Para a Vaidade, é a Singeleza;
Para a Ofensa, é a Compreensão;
Para a discórdia, é a Paz;
Para o egoísmo, é a Renúncia;
Para a ambição, é o Sacrifício;
Para a Ignorância, é o Esclarecimento;
Para a Inconformação, é a Serenidade;
Para a Dor, é a Paciência;
Para a Angústia, é o Bálsamo;
Para a Ilusão, é a Verdade;
Para a Morte, é a Ressurreição.
Se nos propomos, assim, aceitar o Cristo por Mestre e Senhor de nossos caminhos, é imprescindível recordar que o seu Apostolado não veio para os sãos e, sim, para os antigos doentes da Terra, entre os quais nos alistamos...
Buscando, pois, acompanhá-lo e servi-lo, façamos de nosso coração uma luz que possa inflamar-se ao toque de seu infinito amor, cada dia, a fim de que nossa tarefa ilumine com Ele a milenária estrada de nossas experiências, expulsando as sombras de nossos velhos enganos e despertando-nos o espírito para a glória
imperecível da Vida Eterna.


(Do livro "Os Dois Maiores Amores" - Francisco C. Xavier - Autores Diversos)

7 de dezembro de 2011


É praticamente impossível, independente da sua idade, da sua história pessoal de vida, não se emocionar com o texto abaixo de Regina de Castro Pompeu, terceira colocada no Prêmio Longevidade Bradesco de Jornalismo, Histórias de Vida,
De repente 60 (ou 2X30).
Definitivamente a vida vale sempre a pena!!!!

De forma despretensiosa, inscrevi um texto no concurso Premios Longevidade Bradesco Histórias de Vida.
Estou chegando de São Paulo, onde fui participar da premiação.
Mandaram um motorista me buscar e me trazer e fiquei num super-hotel nos Jardins, acompanhada de meu príncipe consorte rsrsrssr.
Entre quase 200 concorrentes, conquistei o 3o lugar, com direito a troféu e diploma.
Mas, sinto como se tivesse recebido o Oscar, pois os primeiros colocados foram jovens que trabalharam por alguns anos para escrever histórias que mereciam ser contadas.
Meu texto foi o único produzido pela própria protagonista.
O tema central era o realcionamento inter-geracional.
Quase caí da cadeira quando Nicete Bruno, jurada especial me perguntou: "Você é a Regina? Queria muito conhecê-la. Adorei seu texto!!"
Tive, ainda, o privilégio de ser fotografada ao lado da convidada especial, Shirley MacLaine.
É muita emoção, que gostaria de compartilhar com vocês.
Abaixo, o texto premiado.
Beijos
Regina


DE REPENTE 60 (ou 2x30)
Ao completar sessenta anos, lembrei do filme ?De repente 30?, em que a adolescente, em seu aniversário, ansiosa por chegar logo à idade adulta, formula um desejo e se vê repentinamente com trinta anos, sem saber o que aconteceu nesse intervalo.
Meu sentimento é semelhante ao dela: perplexidade.
Pergunto a mim mesma: onde foram parar todos esses anos?
Ainda sou aquela menina assustada que entrou pela primeira vez na escola, aquela filha desesperada pela perda precoce da mãe; ainda sou aquela professorinha ingênua que enfrentou sua primeira turma, aquela virgem sonhadora que entrou na igreja, vestida de branco, para um casamento que durou tão pouco!Ainda sou aquela mãe aflita com a primeira febre do filho que hoje tem mais de trinta anos.
Acho que é por isso que engordei, para caber tanta gente, é preciso espaço!
Passei batido pela tal crise dos trinta, pois estava ocupada demais lutando pela sobrevivência.
Os quarenta foram festejados com um baile, enquanto eu ansiava pela aposentadoria na carreira do magistério, que aconteceu quatro anos depois.
Os cinquenta me encontraram construindo uma nova vida, numa nova cidade, num novo posto de trabalho.
Agora, aos sessenta, me pergunto onde está a velhinha que eu esperava ser nesta idade e onde se escondeu a jovem que me olhava do espelho todas as manhãs.
Tive o privilégio de viver uma época de profundas e rápidas transformações em todas as áreas: de Elvis Presley e Sinatra a Michael Jackson, de Beatles e Rolling Stones a Madonna, de Chico e Caetano a Cazuza e Ana Carolina; dos anos de chumbo da ditadura militar às passeatas pelas diretas e empeachment do presidente a um novo país misto de decepções e esperanças; da invenção da pílula e liberação sexual ao bebê de proveta e o pesadelo da AIDS. Testemunhei a conquista dos cinco títulos mundiais do futebol brasileiro (e alguns vexames históricos).
Nasci no ano em que a televisão chegou ao Brasil, mas minha família só conseguiu comprar um aparelho usado dez anos depois e, por meio de suas transmissões,vi a chegada do homem à lua, a queda do muro de Berlim e algumas guerras modernas.
Passei por três reformas ortográficas e tive de aprender a nova linguagem do computador e da internet. Aprendi tanto que foi por meio desta que conheci, aos cinquenta e dois anos, meu companheiro, com quem tenho, desde então, compartilhado as aventuras do viver.
Não me sinto diferente do que era há alguns anos, continuo tendo sonhos, projetos, faço minhas caminhadas matinais com meu cachorro Kaká, pratico ioga, me alimento e durmo bem (apesar das constantes visitas noturnas ao banheiro), gosto de cinema, música, leio muito, viajo para os lugares que um dia sonhei conhecer.
Por dois anos não exerci qualquer atividade profissional, mas voltei a orientar trabalhos acadêmicos e a ministrar algumas disciplinas em turmas de pós-graduação, o que me fez rejuvenescer em contato com os alunos, que têm se beneficiado de minha experiência e com quem tenho aprendido muito mais que ensinado.
Só agora comecei a precisar de óculos para perto (para longe eu uso há muitos anos) e não tinjo os cabelos, pois os brancos são tão poucos que nem se percebe (privilégio que herdei de meu pai, que só começou a ficar grisalho após os setenta anos).
Há marcas do tempo, claro, e não somente rugas e os quilos a mais, mas também cicatrizes, testemunhas de algumas aprendizagens: a do apêndice me traz recordações do aniversário de nove anos passado no hospital; a da cesárea marca minha iniciação como mãe e a mais recente, do câncer de mama (felizmente curado), me lembra diariamente que a vida nos traz surpresas nem sempre agradáveis e que não tenho tempo a perder.
A capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo diminuiu, lembro de coisas que aconteceram há mais de cinquenta anos e esqueço as panelas no fogo.
Aliás, a memória (ou sua falta) merece um capítulo à parte: constantemente procuro determinada palavra ou quero lembrar o nome de alguém e começa a brincadeira de esconde-esconde. Tento fórmulas mnemônicas, recito o alfabeto mentalmente e nada! De repente, quando a conversa já mudou de rumo ou o interlocutor já se foi, eis que surge o nome ou palavra, como que zombando de mim...
Mas, do que é que eu estava falando mesmo?
Ah, sim, dos meus sessenta.
Claro que existem vantagens: pagar meia-entrada (idosos, crianças e estudantes têm essa prerrogativa, talvez porque não são considerados pessoas inteiras), atendimento prioritário em filas exclusivas, sentar sem culpa nos bancos reservados do metrô e a TPM passou a significar ?Tranquilidade Pós-Menopausa?.
Certamente o saldo é positivo, com muitas dúvidas e apenas uma certeza: tenho mais passado que futuro e vivo o presente intensamente, em minha nova condição de mulher muito sex...agenária!

6 de dezembro de 2011

COMPARTILHAR






















Primeira postagem de 2013.
O pensamento se repete.
Será que ainda vou manter o blog?
Quem responde  não sou eu.
Mas alguém de Mountaim View, no vale do Silício, que passa por aqui quase todos os dias.
E você  que chega pela primeira vez, com aquela pergunta crucial?
Pergunta? Ou  seria um desabafo?
Não importa, penso e chego sempre a mesma conclusão eu posso ajudar...
AH! posso, e   assim continuo me ajudando também.
Não importa de onde você venha, o que importa é a troca, o sentimento é igual em qualquer parte do mundo.
É assim com você de  Omã, Senegal, Japão, França, Malasia, Suécia, Portugal, Reino Unido, Caraguatatuba, Ubatuba, Parati ou  São Sebastião.
E que bom que existe essa troca, e existem tantos blogs, que me lembrei de uma  postagem ,  escrita  em 2010, quando ainda estava em tratamento de choque.
Hoje acrescentei  mais alguns, mantras-blogs,  que devem ser visitados, e ainda faltam muitos outros.
São de mulheres notáveis.
Diz assim....
Percorrendo os Blogs das nossas companheiras
Percebi que o título de alguns deles, formam um mantra, uma oração.
Que poderia começar assim


Do meu
Dos Nossos Limões
Resolvi contar a todos que queiram saber
Minha história, minha
Mimirabolantes história
Sobre como é estar
NA Guerra contra o Câncer de Mama
Ou seria na
Batalha Cancro de Mama
Uma história de Superação
Na luta Contra o Câncer
Minha Luta contra o Câncer de Mama
Uma Verdadeira Jornada Contra o Câncer de Mama
Porque?
Por que
Somos Mais que Vencedoras!!!
Nós temos o principal, a Fé
Alguns anjos como o
Blue Angel Solange ou para os intimos a nossa Sol
Temos também
Força na Peruca
Porque da matéria Câncer,
descobrimos suas duas divisões
Câncer, Venturas e Desventuras
É mais ou menos assim.
To Fora, To Dentro, mas sempre
no Divã da Regina
ou mais radical,
PQP é Câncer
Tenho Câncer & Tô na Moda
Mas a vontade é, de sair, Reelaborando a Palavra Viver,
descobrindo o Mundo de Sabrina, ou simplesmente ter a garras delas
Márcia,
Marisa,
Virna Soledade
Aninha
Meguie
Marina Silva
Claudia V
Amanda
Lola
Viviani "Linda"
Lina Querubim
Cristina's
Maria's
E descobrindo com a Ângela Fonseca as Notícias da Cozinha,
ou ainda Cuidando do Nosso Canteiro Interior com ela a joaninha Chica.
Caminhando sobre Folhas de Outono, com a nossa escritora Severa Cabral.
Sempre  alertas com a ONG ALERTA Alessandra Andreolla Feijo.
Intimistas com o Bloguinho da Zizi
E tantas outras
Gritar bem Alto
Eu Venci o Câncer de Mama
Porque?
Ah!
Porque!
Cada uma
A sua maneira é
Uma Mulher de Peito
Mulheres, que venceram.
Que estão passando por isso.
Que nunca passarão mas são solidarias
Estão dentro da causa
Por amor ao próximo
O meu respeito e agradecimento
OBS.: Quem está chegando aqui pela primeira vez, procure os Blogs, com os títulos escrito nessa cor NUDE, todos eles, vem carregados de um pequeno sofrimento, o que é natural da vida, de quem tem ou não câncer, mas o que transborda mesmo é a emoção, a sinceridade a verdade, que só grandes mulheres sabem dividiR OU O QUE É MELHOR AINDA COMPARTILHAR COM AMIGOS.

2 de dezembro de 2011

PRECE DA TOLERÂNCIA - VOLTAIRE


Escrita a 250 anos mas que permanete Atual.


Prece pela Tolerância

(Voltaire)


Não é mais aos homens que me dirijo. É  à você,  Deus de todos os seres, de todos os mundos e de todos os tempos: Que erros agarrados à nossa natureza não sejam motivo de nossas calamidades.
Você não nos deu coração para nos odiarmos nem mãos para nos enforcarmos.
Faça com que nos ajudemos mutuamente a suportar o fardo de uma vida  penosa e passageira. Que as
pequenas diferenças entre as vestimentas que cobrem nossos corpos, entre nossos costumes ridículos
entre nossas leis imperfeitas e nossas opiniões insensatas não sejam sinais de ódio e perseguição.
Que aqueles que acendem velas em pleno dia para te celebrar, suportem os que se contentam com a luz do sol.
Que os que cobrem suas roupas com um manto branco para dizer que é preciso te amar, não detestem os que dizem a mesma coisa sob o manto negro.
Que aqueles que dominam uma pequena parte desse mundo, e que possuem algum dinheiro, desfrutem sem orgulho do que chamam poder e riqueza e que os outros não os vejam com inveja, mesmo porque você sabe que não há nessas vaidades nem o que invejar nem o que se orgulhar.
Que eles tenham horror a tirania exercida sobre as almas, como também execrem os que exploram a força do trabalho.
Se os flagelos da guerra são inevitáveis, não nos violentemos em nome da paz.
Que possam todos os homens se lembrar que eles são irmãos!





29 de novembro de 2011

ATE - GRUPO DE ADOÇAO TARDIA E ESPECIAL

Em um mundo onde, dificilmente um cachorro, velho, feio, manco sem pedigree, será adotado, até mesmo por pessoas que dizem gostar de animais, mas que sabe como é...
Beleza é Fundamental, e tudo que não esteja nesse contexto está fora de cogitação.
O programa  Ação do último dia 26/11/11, mostrou um casal, uma familia, que criou uma rede que incentiva a adoção de crianças especiais
ATE    -   GRUPO DE ADOÇAO TARDIA E ESPECIAL
Esse grupo aproxima o Judiciário e adotantes.
O Grupo já juntou 64 crianças a novas família.
Um exemplo legal.
Gente que é e ama Gente.



FONTE.:  http://g1.globo.com/acao/noticia/2011/11/casal-cria-rede-que-incentiva-adocao-de-criancas-especiais.html

27 de novembro de 2011

CHICO XAVIER

Hoje eu recebi esse lindo presente.


Confesso que exprime exatamente esse momento da minha vida.
Se pedras  encontrei, de joelhos estou, lutando para que elas fiquem menores, e não me magoem mais.


Fantasmas existem, em cada nova dor, em cada novo exame, mas através da fé eu vou procurando olhar lá na frente, o futuro a Deus pertence.


E se ele tem um escritório aqui na terra, esse escritório é o mar.
Não é Regina?
E é aqui que eu o encontro sempre.
Andando de vagar.
Hoje em especial.
Para agradecer, sem mágoas.
Obrigada senhor.
Por estar completando 47 anos nesta data.
Seja feita sempre a sua vontade.

15 de novembro de 2011

Cientistas desenvolvem novo alvo para atacar tumores, mostra estudo

 

 

Bloqueio de enzima impede proliferação de células cancerígenas.
Pesquisa foi divulgada na revista científica 'Nature Medicine'.


Pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, descobriram uma nova forma de atacar células com câncer que se proliferam rapidamente. A técnica foi divulgada na revista científica "Nature Medicine" neste domingo (13) e não traz os efeitos colaterais das terapias atuais, segundo garantem os médicos da Escola de Medicina de San Diego, parte do câmpus californiano.
Coordenados por David Cheresh, professor de patologia no Centro do Câncer Moores, os cientistas desenvolveram uma nova classe de medicamentos que bloqueia a divisão celular em tumores malignos e de rápido crescimento. Para isso, eles alteraram a estrutura de uma enzima chamada RAF.
Os médicos californianos não esperavam que a enzima tivesse um papel tão vital na multiplicação das células cancerígenas. As drogas atuais que têm como alvo enzimas parecidas com a RAF normalmente são feitas de forma a provocarem efeitos colaterais e necessitarem uma prescrição limitada.
Cheresh explica que os tumores podem desenvolver tolerância a este tipo de medicamento. Agora, a equipe do norte-americano desenvolveu uma classe de substâncias que inibem a ação da enzima RAF. Isso faz com que os outros medicamentos já consagrados possam ser usados com restrições menores.
A droga usada como teste para inibir a enzima RAF foi aplicada em modelos animais e em biópsias retiradas de humanos. A expectativa da equipe é de iniciar testes clínicos para saber se a nova terapia é mesmo eficaz.

13 de novembro de 2011

Evelyn Lauder

Que Deus a abençoe Poderosamente.
Redação Central, 13 nov (EFE).- Evelyn Lauder, vice-presidente da empresa de cosméticos Estée Lauder e impulsionadora da luta contra o câncer de mama, morreu neste sábado em sua casa de Manhattan aos 75 anos, informou "The New York Times".

Nascida em 1936 em Viena como Evelyn Hausner, sua família teve que fugir da capital austríaca quando Hitler anexou o país em 1938.

Em 1940, a família se mudou para Nova York, cidade na qual Evelyn se casou em 1959 com Leonard A. Lauder, filho de Estée, e passou a integrar-se na família, proprietária então de uma pequena empresa.
De seu casamento com Leonard teve dois filhos, William e Gary.

Em 1989 foi-lhe diagnosticado um câncer de mama, e apesar de se negar sempre a comentar a evolução de seu caso, começou a partir de então a desenvolver uma intensa atividade internacional para lutar contra esta doença.

Criou a campanha do laço rosa, reconhecido a partir de então como símbolo da luta contra este mal, e em 1993 abriu a Fundação para a Pesquisa sobre o Câncer de Mama, com a qual arrecadou uma quantidade que o jornal nova-iorquino estima em cerca de US$ 350 milhões.

Em 2007 lhe foi diagnosticado outro câncer, desta vez de ovários, que foi o que, finalmente, lhe causou a morte.          
Fonte.:http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2011/11/13/morre-evelyn-lauder-firme-ativista-contra-o-cancer-de-mama.jhtm 
                                                                                                                              

31 de outubro de 2011

DESEJO A VOCÊ

Esta segunda-feira, dia 31 de outubro, é um dia muito especial para a literatura brasileira. Um dos nossos maiores poetas, Carlos Drummond de Andrade, ganhou este dia só para ele. Hoje é o "Dia D", o "Dia Drummond", que vai ser comemorado em sete cidades brasileiras (Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Paraty e Itabira), além de Lisboa, em Portugal.
O que os organizadores pretendem é que o "Dia D", dia do aniversário do poeta, seja um dia dedicado à obra dele. A partir deste ano, todo dia 31 de outubro, então, será "Dia D" e vai haver uma vasta programação sobre a obra de Drummond nas várias cidades: exposições com fotos e desenhos dele, filmes sobre o poeta Drummond e leitura de poemas. Na estátua de Drummond, em Copacabana, também deve aumentar o número de visitantes, apesar da chuva.
Drummond tinha até um verso sobre o aniversário, ele dizia o seguinte: ‘O tempo passa? Não passa. São mitos do calendário, tanto ontem, como agora. Teu aniversário é um nascer a toda hora”.


29 de outubro de 2011

Ex-presidente Lula

Esse é o diagnostico que ninguém quer receber.
É sempre um grande impacto inicial.
Até para quem está em tratamento, ou já passou por ele.
Esse é um cálice amargo.
Mas, sorve-lo e soluciona-lo é  a nossa missão.
Grandes problemas são para grandes guerreiros.
Força e luz.




O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizou exames neste sábado (29) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe.

Segundo o hospital, após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias.

"O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial", diz nota do Sírio-Libanês.

Segundo o oncologista Artur Katz, que está na equipe médica que atende o ex-presidente, o estado dele é "muito bom". "Ele está em ótimo estado geral."

Katz disse que o tumor "não muito grande" foi descoberto na manhã de hoje. "Deseja-se que ele possa levar uma vida normal em quantidade e qualidade, após o tratamento", disse o médico.

A equipe preferiu a quimioterapia à cirurgia, "para preservar as funções da laringe".

Segundo o médico, uma das causas importantes para o câncer na laringe é o fumo. Mas também existem causas virais e não é possível ainda dizer o que levou ao desenvolvimento do tumor de Lula.

"As chances de cura são excelentes", completou. Lula é ex-fumante e tinha o hábito de fumar cigarrilhas.

A assessoria do ex-presidente confirmou a informação sobre a doença, mas informou ainda não ter mais detalhes.

Na quinta-feira (27), Lula comemorou seu aniversário de 66 anos. Em uma pequena cerimônia com funcionários, na sede da organização, em São Paulo, o ex-presidente ganhou um bolo.

Ricardo Stuckert - 27.out.2011/Divulgação
O ex-presidente comemorou seu aniversário no Instituto Lula
O ex-presidente comemorou seu aniversário no Instituto Lula

Mais tarde, recebeu amigos em seu apartamento, em São Bernardo do Campo. Quatro ministros do governo Dilma Rousseff participam da festa: Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), Miriam Belchior (Planejamento), Guido Mantega (Fazenda) e Fernando Haddad (Educação). Foi o primeiro aniversário que ele comemorou após exercer o cargo de presidente nos últimos oito anos.

Dilma, que estava gripada, cancelou a viagem a São Paulo e enviou dois livros de presente.

No mesmo dia, Lula também gravou um vídeo em que agradece as mensagens de parabéns recebidas pela internet. "Mais da metade desses 66 anos eu dediquei a luta pela conquista da democracia desse país", disse no vídeo.



Leia a íntegra da nota do hospital

"O Ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe.

Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial.

A equipe médica que assiste o Ex-Presidente é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto."

Fonte.: http://www1.folha.uol.com.br/poder/998805-ex-presidente-lula-esta-com-tumor-na-laringe-diz-hospital.shtml -
TATHIANA BARBAR
DE SÃO PAULO

18 de outubro de 2011

DOUTOR ANDRÉ GIRARDI VIEIRA

Não diga a Deus que você tem um Grande problema...Mas diga ao problema que você tem um GRANDE Deus...

18 de Outubro dia do Médico.
Não de todos os médicos, porque as pessoas são diferentes.
Médicos e Pacientes, também!
Assim como os seus interesses.
Alguns são tocados, são os vocacionais.
Verdadeiros Anjos do Senhor.
Que fazem da sua profissão um sacerdócio.
Uma maneira justificar a sua passagem pela terra.
Mostrar ao mundo de quem eles são filhos.
São os Meninos do Senhor.
Eu tive a honra de receber o toque de um deles.
E por ele eu serei eternamente grata.
Por todos os dias da minha vida.
Porque a minha efermidade com certeza passará
Mas a minha graditão, a esse Anjo, essa segue comigo.

Um dia eu tive um grande problema... Mas em meu caminho guiado estava um GRANDE Médico...

Que Deus o abençoe.
Poderosamente
Prosperamente
Amorosamente

Dr. André Girardi Vieira
O meu muito Obrigada
Wilma

11 de outubro de 2011

Paroxetina e fluoxetina não deve ser usado por mulheres que tomam tamoxifeno

Paroxetina e fluoxetina não deve ser usado por mulheres que tomam tamoxifeno

O assunto não é recente, mas é pertinente, foi escrito no blog de um médico, acredito que com as devidas propriedades do profissional.
Fala dessa droga na acepção da palavra TAMOXIFENO, e entre os seus malefícios o uso combinado com antidepressivos e suas reações.
Estive fazendo um Check up, essa semana, e a preocupação maior da médica era, verificar como estavam alguns órgãos após o Tsunami Tamoxifeno.
Verificar fundo do olho (retina)
Verificar a Tireóide.
Verificar os pulmões
Verificar o tamanho do endométrio
Verificar os ossos (porosidade)
Verificar Rins
Verificar Fígado
Verificar Baço
Dermato para queda de cabelo, e alergias
Controle de peso
Controle do laboratório responsável, pela droga, digo remédio???
Para o que é mesmo que eu estou tomando isso??
AH tá sendo assim, legal.
Irritada eu??
É o Tamox
A paroxetina e fluoxetina não devem ser prescritas para depressão ou fogachos em mulheres que tiveram câncer de mama e estão agora a tomar tamoxifeno para evitar a reincidência. Citalopram ou venlafaxina deve ser considerado em seu lugar.
Esta conclusão advém de um novo estudo mostrando que a paroxetina, por interferir com o metabolismo do tamoxifeno, reduz ou elimina seu efeito protetor contra a recorrência do câncer de mama, causando um risco aumentado de morte por câncer de mama. A paroxetina é um potente inibidor da enzima CYP2D6, que converte o tamoxifeno para seu metabólito ativo, reduzindo a quantidade de droga ativa que é liberada.
"Descobrimos que as mulheres com câncer de mama que receberam paroxetina em combinação com tamoxifeno estavam em risco aumentado de morte por câncer de mama e morte por qualquer causa", dizem os pesquisadores, liderados por Catherine Kelly, MD, companheiro de oncologia médica na Sunnybrook Health Sciences Center, em Toronto, Ontário. O aumento no risco foi diretamente relacionada ao grau de coprescribing, eles observam.
Esses resultados destacam uma interação medicamentosa, que é extremamente comum, amplamente subestimado, potencialmente fatais, mas uniformemente evitáveis.
O estudo, publicado em 8 de fevereiro no British Medical Journal, fornece a evidência "primeira de um efeito clínico do tratamento a longo prazo durante a inibição da CYP2D2 tamoxifeno", segundo um editorial de acompanhamento.
Houve sugestões de presente, mas os dados não foram conclusivos. Dois estudos apresentados na reunião anual do último ano da Sociedade Americana de Oncologia Clínica relataram resultados contraditórios, no entanto, a mensagem aos clínicos era evitar a prescrição os inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS) paroxetina e fluoxetina em pacientes que tomam tamoxifeno.
Esta é também a mensagem no editorial BMJ, de autoria de Frank Andersohn, MD, e Stefan Willich, MD, do Instituto de Medicina Social, Epidemiologia e Economia da Saúde no Centro Médico da Universidade Charité, em Berlim, Alemanha.
À luz destas conclusões, os médico que tratam depressão ou fogachos em mulheres que tomam tamoxifeno devem evitar prescrever SSRIs, tais como a paroxetina e a fluoxetina, e considerar, em vez de drogas com baixo potencial para inibir a CYP2D6, tais como o Citalopram ou Venlafaxina.
Em pacientes em uso de tamoxifeno, que já estão tomando paroxetina ou fluoxetina, a mudança para outro anti depressivo com pouca ou nenhuma inibição da CYP2D6, deve ser considerada, acrescentam. Mas não há nenhuma justificação para a "interrupção abrupta" de paroxetina ou fluoxetina, relatam. "O potencial de benefícios a longo prazo da interrupção do seu uso ainda não superam claramente os potenciais efeitos negativos da retirada imediata do tratamento com ISRSs (tais como os de recorrência da depressão grave)," afirmam.
O estudo mostrou um efeito sobre o risco de morte por câncer de mama apenas com paroxetina, não com fluoxetina, embora, também, é um forte inibidor da CYP2D6. Os autores especulam que isso se deve ao baixo número de mulheres que tomam fluoxetina neste estudo. Os editorialistas nota que o estudo ainda é necessário, mas, entretanto, "por razões de segurança, a co-prescrição da fluoxetina e tamoxifeno em mulheres com câncer de mama deve ser evitada até que a evidência adicional se torna disponível."

Estudo mostra aumento das mortes por câncer da mama
O estudo publicado por pesquisadores canadenses foi retrospectivo e de base populacional, e inicialmente analisou dados de 24.430 mulheres ao longo de um período de 13 anos (1993 a 2005). Estas mulheres tinham 66 anos ou mais, residentes em Ontário, e estava tomando tamoxifeno depois de um diagnóstico de câncer de mama. Destas mulheres, 7489 (30,6%) receberam pelo menos 1 antidepressivo durante o tempo em que estavam tomando tamoxifeno. Porque algumas mulheres foram excluídas do estudo - por razões como a baixa adesão ao tamoxifeno e morte por causas desconhecidas - havia 2430 mulheres na análise primária.
A maioria dessas mulheres começaram a tomar tamoxifeno dentro de um ano do seu diagnóstico de câncer de mama, bem como a duração média do tratamento com tamoxifeno foi de 4 anos.
Os antidepressivos mais comumente prescritos foi paroxetina (em 25,9% das mulheres), seguido de sertralina (22,3%), citalopram (19,2%), venlafaxina (15%), fluoxetina (10,4%) e fluvoxamina (7,2%). Velhos antidepressivos tricíclicos foram prescritos em 18,3% das mulheres.
Até ao final do seguimento (média de 2,38 anos), um total de 1074 mulheres (44,2%) haviam falecido; câncer de mama foi registrado como a causa de morte em 374 mulheres (15,4%).


"Na primeira análise, verificou-se um aumento do risco de morte por câncer de mama entre as mulheres que receberam paroxetina, um inibidor da CYP2D6 irreversível, em combinação com tamoxifeno", escrevem os autores.
Em contrapartida, esse risco não foi visto com os outros anti depressivos, eles observam.

"A escolha do antidepressivo pode afetar significativamente a sobrevivência em mulheres que receberam tamoxifeno para câncer de mama", diz Kelly e nota dos colegas.

Estimamos que o uso de paroxetina em 41% dos que receberam tratamento com tamoxifeno (mediana se sobrepõem na nossa amostra) resultaria em 1 morte adicional de câncer de mama no prazo de 5 anos após a descontinuação do tamoxifeno para cada 19,7 paciente assim tratado ", explicam.
"O risco mais abrangentes sobreposição seria maior", acrescentam.
Aumento absoluto de 25%, 50% e 75% na proporção do tempo sobre o tamoxifeno com o uso de sobreposição de paroxetina foram associados com um aumento de 25%, 54% e 91%, respectivamente, no risco de morte por câncer de mama , o relatório dos investigadores. Cada comparação foi estatisticamente significativa (P <.05).
"O aumento do risco foi diretamente relacionada com a extensão da coprescrição e é consistente com a hipótese de que a inibição do CYP2D6 irreversível por paroxetina pode reduzir ou suprimir a vantagem de sobrevivência atribuídas pela terapia de longo prazo com tamoxifeno em pacientes com câncer de mama", escrevem os pesquisadores.
"Nossos resultados são consistentes com um corpo emergente da literatura, indicando o papel crítico na ativação do CYP2D6 metabólicos e eficácia clínica do tamoxifeno", acrescentam.
Entre os artigos citados vários são por Mathew Goetz, MD, e colegas da Clínica Mayo, em Rochester, Minnesota, que foram sobre como teste para CYP2D6 pode identificar as mulheres que são metabolizadores pobres do tamoxifeno e que são, portanto, susceptíveis de reagir tão bem à droga.
No entanto, um recente editorial no Journal of Clinical Oncology sugere que os dados até à data não são suficientemente claras para o uso rotineiro de tais testes, que não concordam, porém, que o uso de drogas que são conhecidos por inibir CYP2D6 são ser evitado em mulheres tomando tamoxifeno.

Os editorialistas e de todos os autores, exceto para o 1 não revelaram relações financeiras relevantes. Kathleen Pritchard, MD, de Sunnybrook Health Sciences Center, relatórios atuando como um consultor e recebem financiamento da pesquisa de várias empresas farmacêuticas, conforme detalhado no documento.
Fonte.: http://alanassiscoutinho.blogspot.com

6 de outubro de 2011

Substância encontrada no vinho tinto teria capacidade de acabar com câncer de mama, aponta estudo

Pesquisas, eu não sei se fico feliz com elas, ou se luto contra.
Sempre tomei vinho tinto, até mesmo quando estava fazendo quimioterapia (não façam isso), fazia parte da minha mínima rebeldia, desde sempre comi ração humana, achava gostoso leite de soja, (achava estamos de mal), linhaça marrom, açúcar mascavo, germe de trigo, gergelim, levedo de cerveja (cerveja também).
Bem, fico mais com a opinião coerente do médico e editor-chefe da revista Faseb, Gerald Weissman, aponta que de maneira alguma as pessoas devem sair e começar a usar vinho tinto ou outros suplementos para tratar o câncer de mama,  a melhor maneira de combatermos este câncer ainda é a prevenção, pois só assim a doença é diagnosticada em sua fase precoce e com melhores de chances de cura.
Toda mulher deve procurar o ginecologista uma vez por ano para fazer exame clínico e obter orientação preventiva sobre doenças ginecológicas. A falta de informação ou informação distorcidas leva a um atraso no diagnóstico, impossibilitando muitas vezes o tratamento adequado.
Para a prevenção do câncer de mama, temos:-
Orientação médica preventiva:-
Exame clínico;
Auto-exame;
Mamografia (complementada ou não por ultra-sonografia das mamas).
Depois disso, tome sim uma boa taça de vinho tinto, porque mesmo com um diagnóstico ruim, a vida não acaba, fica ruim é certo, mas é só por um tempo, depois as coisas entram no eixo, a vida tem que seguir e nós também.

·        
D

Uma substância química encontrada no vinho tinto pode parar o câncer de mama, de acordo com uma nova pesquisa. Os testes em laboratório mostraram que o resveratrol, encontrado na casca da uva, poderia impedir o desenvolvimento da doença, bloqueando os efeitos do hormônio estrógeno.
Os cientistas disseram que a descoberta, publicada na revista Faseb, tem importantes implicações para o tratamento de pacientes. Sebastiano Ando, da Universidade de Calabria, na Itália, afirma: "Resveratrol é um potencial fármaco que pode ser explorado quando o câncer de mama se torna resistente à terapia hormonal."
A substância química também é encontrada em blueberries, amendoins e cranberries.
O resveratrol bloqueia o caminho do estrogênio ao combinar com o DNA no corpo da mulher para espalhar células tumorais, transformando-as em malignas.
A pesquisa descobriu que o crescimento de células de câncer de mama era reduzido drasticamente quando eram tratadas com o ingrediente natural, enquanto nenhuma alteração foi observada nas células que não foram tratadas.
Outros experimentos revelaram que o efeito estava relacionado a uma redução nos níveis de receptor de estrogênio causada pelo próprio resveratrol.
Ainda que a descoberta possa ajudar muitas pessoas, o médico e editor-chefe da revista Faseb, Gerald Weissman, aponta que de maneira alguma as pessoas devem sair e começar a usar vinho tinto ou outros suplementos para tratar o câncer de mama.

2 de outubro de 2011

Lei do Caminhão de Lixo.


Um dia peguei um taxi para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa certa, quando de repente um carro preto saiu de um estacionamento e cortou bruscamente o nosso caminho.
O taxista pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz!

O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós nervosamente. Mas o taxista apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo. E ele o fez de maneira bastante amigável.

Indignado lhe perguntei: 'Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!'

Foi quando o motorista do taxi me ensinou o que eu agora chamo de "A Lei do Caminhão de Lixo."

Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por aí carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, traumas e de desapontamento. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de
um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente.
Não tome isso pessoalmente. Isto não é problema seu!

Apenas sorria, acene, deseje-lhes o bem, e vá em frente. Não pegue o lixo
de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, EM CASA,ou nas ruas. Fique tranquilo... respire E DEIXE O LIXEIRO PASSAR.

O princípio disso é que pessoas felizes não deixam os caminhões de lixo estragarem o seu dia. A vida é muito curta, não leve lixo.
Limpe os sentimentos ruins, aborrecimentos do trabalho, picuinhas pessoais, ódio e frustações.
Ame as pessoas que te tratam bem. E trate bem as que não o fazem.


A vida é dez por cento o que você faz dela e noventa por cento a maneira como você a recebe!

Postagens populares

Arquivo do blog

LEIA KARDEC

LEIA KARDEC

PARE UM POUCO E CONHEÇA ESSAS CRIANÇAS E ESSE TRABALHO, E TRANSFORME SUA VIDA E A VIDA DELAS TB..

PARE UM POUCO E CONHEÇA ESSAS CRIANÇAS E ESSE TRABALHO,  E TRANSFORME SUA VIDA  E A VIDA DELAS TB..
http://oquevivipelomundo.blogspot.com.br/

NÃO TENHA DÓ TENHA ATITUDE

NÃO TENHA DÓ TENHA ATITUDE
UM ANIMAL PRINCIPALMENTE DE RUA, SENTE FRIO, FOME, MEDO, SOLIDÃO, DOR. IGUAL A VOCE. PENSE NISSO... NÃO COMPRE UM ANIMAL ADOTE UM CÃO ABANDONADO, ELE LHE SERÁ ETERNAMENTE GRATO.

Minha lista de blogs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DOE SANGUE

ASSOCIAÇÃO VIVA MELHOR APOIO A MULHERES MASTECTOMIZADAS

EXPOSIÇÃO EU PEITO