Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Caraguatatuba, São Paulo, Brazil
Deixar registrado aqui essa fase da minha vida. Difícil, talvez a pior, mas como tal já passou. Conheço meu inimigo, portanto nunca subestimo o Câncer. Esse mal é traiçoeiro, e como!!! Não valorizo a sua passagem muito menos o seu fantasma. Não deixo de viver um dia sequer, grata a Deus que me concebe, feliz por ser a mulher forte que sou. Ando com Fé, e bola pra frente. A vida não para e eu também não.

Translate

Total de visualizações de página

5 de julho de 2011

INTERRUPÇÃO DO TRATAMENTO DA HEPATITE C PELO SUS ASSUSTA PACIENTES.

 

Sistema Único de Saúde garante o fornecimento do medicamento Interferon durante 48 semanas, se o paciente não ficar curado, medicação é suspensa.

Uma história mostra o sofrimento e a indignação de portadores do vírus da hepatite C, que tiveram o tratamento interrompido. O SUS garante o fornecimento do medicamento Interferon durante 48 semanas, mas se o paciente não ficar curado durante esse tempo, ele tem a medicação suspensa. Com isso, a doença pode voltar a atacar com força.
Alguns pacientes demoram mais para reagir ao remédio e por isso precisam tomá-lo por mais tempo, mas não estão conseguindo receber o medicamento pelo Sistema Único de Saúde. Para quem precisa do Interferon, são dias de muita angústia.
"Depois que eu educar minhas filhas, eu não me importo com a doença. Eu faço questão de vir aqui agradecer tudo que foi feito por mim. Por essa batalha que eu tenho enfrentado, junto com minha família, minha esposa e com meus amigos. Agora, de uma hora para outra, recebo a notícia de que vou ter cerceado o direito de poder viver", lamenta o funcionário público Alexandre Abdalla.
Casado e pai de duas filhas, Alexandre Abdalla descobriu que estava contaminado com o vírus da hepatite C durante uma doação de sangue. A doença evoluiu para cirrose hepática. Alexandre não se conforma com o corte no tratamento.
"Eu não me importo de pagar IPTU; IPVA; ISS; INSS; Cofins; Pis. Só queria uma retribuição do estado para dar uma oportunidade para que eu possa ver as minhas filhas crescerem e hoje este medicamento me dá a oportunidade de, algum dia, poder ver as minhas filhas formadas e constituídas", afirma.
O tratamento é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para 300 pacientes no Hospital das Clínicas da Unesp, em Botucatu, no interior de São Paulo. O vendedor Mário Pires também foi surpreendido com a notícia.
"O estado está cortando meu tratamento, então, está fazendo com que eu não tenha mais esse tratamento, com que eu morra, praticamente, porque sem esse tratamento, o meu vírus vai voltar e eu não vou ter chances de cura”, reclama Mário.
O médico que acompanha o tratamento afirma que alguns pacientes não conseguem a cura em 48 semanas, mas, se continuassem recebendo o medicamento por mais alguns meses, poderiam voltar a ter uma boa saúde para o resto da vida.
"A negativa da entrega da medicação está acontecendo em pacientes que estamos estendendo o tratamento. São pacientes que respondem lentamente aos antivirais e nesses casos é necessário prolongarmos o tratamento até a semana 72. Caso isso não seja realizado, o vírus tem uma grande chance de voltar a ser positivo no sangue após o término do tratamento", explica o hepatologista Giovanni Faria Silva.
Segundo o Ministério da Saúde, quatro milhões de pessoas são portadoras do vírus da hepatite C no Brasil, mas, desse total, apenas 11 mil recebem o tratamento de graça pelo SUS. Francisco Martucci é presidente da ONG "C tem que saber, C tem que curar", entidade que dá assistência aos portadores da hepatite C. Para ele, a atitude do Ministério da Saúde é absurda e o tratamento não pode ser interrompido.
"Não concordamos que o estado cerceie um direito condicional que um cidadão pagador de impostos tem mediante a saúde pública”, afirma Francisco.

O advogado José Sylvio de Moura Campos, que também é portador da hepatite C, trabalha na ONG e já procurou a Justiça para garantir o tratamento dele e dos demais pacientes. "A ONG entrará com um mandado de segurança que garantirá o direito de todos ao medicamento, ou seja, ao tratamento. A saúde é um direito do cidadão e um dever do estado”, afirma.
Nas farmácias, um frasco de Interferon peguilado custa, em média, R$ 300. Por mês, o paciente precisa tomar quatro injeções do medicamento, o que significa uma despesa mensal de R$ 1,2 mil.
A assessoria do Ministério da Saúde informou que a portaria que define o tempo de tratamento está em processo de revisão, mas não há prazo para que ela entre em vigor. Já a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde informou que os pacientes que precisarem estender o tratamento deverão procurar pessoalmente a Diretoria Regional de Saúde e fazer um pedido administrativo. Ainda segundo a assessoria, cada caso será analisado individualmente.Fonte.:   http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2011/07/interrupcao-do-tratamento-da-hepatite-c-pelo-sus-assusta-pacientes.html

5 comentários:

jvianei disse...

Eu já senti na pele o que é ter que entrar na justiça para conseguir os remédios que necessito. É um absurdo, uma vergonha, uma sacanagem, uma , uma ... nem sei definir o tipo de patifaria que é uma coisa dessas. Um dias eles pagam! Ah se pagam!
Wilma querida, desculpe, mais coisas assim arruinam meu dia. Não é culpa sua, bem sei. Mais não consigo ficar indiferente. Forte abraço!

Angela Fonseca disse...

Os absurdos deste país que, dizem, 'é tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza...' Será? Se você não sabe, eles fazem triagem para distribuir o remédio para demências senis, como o mal de Alzheimer, escolhendo 'quem ainda tem jeito, e quem não tem mais jeito'. Não digo mais nada porque a vontade é de GRITAR com tanta impiedade e falta de compaixão. Beijos indignados, Angela
http://noticiasdacozinha.blogspot.com

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

João/Angela.
Coisas assim também estragam o meu dia.
Chorei com esse pai, senti a dor dele, e me perguntei de que material não humano são feitos esses detentores do nosso poder.
Mas é necessário divulgar, é necessário se manifestar, é cruel demais.
Como diz minha mãe.
Deus não joga, mas fiscaliza.
Um dia com toda e única certeza essa gente irá pagar.

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Voltei só para perguntar.
Será que se fosse um político, famoso passaria por isso????

✿ chica disse...

Incrível isso, essas coisas nos entristecem...Até quando isso,não?

Um beijo,tudo de bom,chica

Postagens populares

Arquivo do blog

LEIA KARDEC

LEIA KARDEC

PARE UM POUCO E CONHEÇA ESSAS CRIANÇAS E ESSE TRABALHO, E TRANSFORME SUA VIDA E A VIDA DELAS TB..

PARE UM POUCO E CONHEÇA ESSAS CRIANÇAS E ESSE TRABALHO,  E TRANSFORME SUA VIDA  E A VIDA DELAS TB..
http://oquevivipelomundo.blogspot.com.br/

NÃO TENHA DÓ TENHA ATITUDE

NÃO TENHA DÓ TENHA ATITUDE
UM ANIMAL PRINCIPALMENTE DE RUA, SENTE FRIO, FOME, MEDO, SOLIDÃO, DOR. IGUAL A VOCE. PENSE NISSO... NÃO COMPRE UM ANIMAL ADOTE UM CÃO ABANDONADO, ELE LHE SERÁ ETERNAMENTE GRATO.

Minha lista de blogs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DOE SANGUE

ASSOCIAÇÃO VIVA MELHOR APOIO A MULHERES MASTECTOMIZADAS

EXPOSIÇÃO EU PEITO